Bambi com 70 anos de idade já não se lembra que a mãe foi morta por um caçador

Vítor Elias 17 de Agosto de 2012

A famosa personagem de animação Bambi fez esta semana 70 anos de idade.

Ao que o IP apurou junto de fontes médicas, o famigerado veado estará presentemente a sofrer de Alzheimer e já nem sequer se lembra de que a mãe foi morta por um malvado caçador quando ele ainda era uma cria, tendo mesmo defendido, numa discussão com o rato Mickey, as caçadas do rei Juan Carlos em África, acusando o amigo roedor de ser politicamente correcto e aconselhando-o, “para abrir a pestana”, a ler as crónicas do Henrique Raposo no “Expresso”. A esclerosada memória do Bambi levou-o ainda a tornar-se um fervoroso apoiante do candidato republicano Mitt Romney, pois acha que Barack Obama é socialista e quer acabar com o direito inalienável de cada norte-americano ter uma ou mais armas em casa. Perante os remoques do Rato Mickey, Bambi terá mandado o amigo “para a ratazana que te pariu”, expulsando-o de casa e ficando o resto do dia do aniversário no sofá, sozinho, a ler livros do Ernest Hemingway sobre touradas e caçadas, saindo de casa apenas para comer um prato de almôndegas de rena no IKEA. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo