Jardim faltou à moção de censura porque caiu no buraco das contas da Madeira e não conseguiu sair

Mário Botequilha 29 de Maio de 2012

O PS-Madeira retirou a moção de censura ao governo da região autónoma devido à ausência de Alberto João Jardim, que não compareceu no parlamento regional (ou Kidzania laranja, como lhe chama o PSD-Madeira).

O INIMIGO PÚBLICO sabe que Jardim até ia a caminho da Kidzania mas enganou-se no túnel, meteu para o off-shore, saiu disparado a correr, tropeçou no buraco das contas da região e estará a uma profundidade que até agora só tinha atingida pelo pensamento combinado de Carlos Andrade com o painel da “Quadratura do Círculo”. A protecção civil madeirense deslocou três corporações de bombeiros, um Guilherme Silva e meio Joe Berardo, via telemóvel, para o local. MB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.


Tópicos

Últimas

Do arquivo