Apenas o superespião Silva Carvalho sabe quando voltam os subsídios dos funcionários públicos e dos pensionistas

Vítor Elias 10 de Maio de 2012

O superespião Silva Carvalho teve, como se sabe, acesso aos mais privilegiados e confidenciais segredos de Estado deste País.

Por essa razão, o ex-director do SIED é a única pessoa em Portugal que conseguiu descobrir quando raio voltam os subsídios de férias e 13º mês dos funcionários públicos e pensionistas, um mistério guardado com mais fervor por Vítor Gaspar do que a irmã Lúcia guardava o 3º segredo de Fátima. O superespião lançou um dardo com um tranquilizante (disfarçado numa caneta com o logotipo da Ongoing) ao pescoço do ministro das Finanças, que ficou ainda mais banzado do que o habitual e, debitando umas meras três palavras por minuto, contou a Silva Carvalho tudo o que sabe sobre a data exacta da devolução dos direitos adquiridos, ou seja, que não faz a mínima ideia. Quando acordou no dia seguinte, atordoado e com um cabeção, Vítor Gaspar não se lembrava de nada do que tinha dito no dia anterior, o que, tendo em conta as contradições em que incorre dia sim dia não, é algo perfeitamente normal nele. Silva Carvalho vendeu então o segredo a um reformado da Baixa da Banheira que quer saber quando pode comprar aos netos os cromos do Eusébio do “Sol”. Por falar no semanário, o seu director, José António Saraiva, já tinha topado há anos – mas há bué deles – todos os segredos que Silva Carvalho só agora descobriu. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo