Cavaco recomenda que PSP use balas de cortiça em vez de borracha para dinamizar economia

Alexandre Parreira 29 de Abril de 2012

Cavaco Silva esteve a estudar a actuação da polícia em manifestações e decidiu fazer a proposta arrojada de passarem a ser usadas balas de cortiça em vez de balas de borracha.

“É bom para a economia nacional, que produz cortiça, e ainda cria a sensação que se trata de uma festa e se está a abrir champanhe”, explicou o presidente enquanto consultava, com os olhos em lágrimas, o saldo da sua magra conta bancária num multibanco. O ministro da Economia vai ainda mais longe e recomenda à polícia que comece a manter a ordem pública através do arremesso de pastéis de nata, mas com canela e açúcar para fazer tossir os manifestantes. AP

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo