Taça da Liga emigra por ninguém ter interesse nela em Portugal

Vítor Elias 21 de Março de 2012

Antes do jogo entre o Benfica e o FC Porto para as meias-finais da Taça da Liga, quer Vítor Pereira quer Pinto da Costa garantiram que não tinham grande interesse em vencer a competição, enquanto após o jogo Jorge Jesus disse que a Taça da Liga nunca foi uma prioridade para o Benfica e só atrapalha o fim da época aos encarnados.

Indignada com estas sucessivas desconsiderações no nosso País, a Taça da Liga decidiu seguir os conselhos de Miguel Relvas e procurar uma ocupação digna num país dos PALOP, onde tentará tornar-se a Taça da Liga angolana ou o Caneco da Liga brasileira. A Taça da Liga apenas teme ser enganada por uma teia de mafiosos e acabar escravizada em Espanha, trabalhando como Copa de uma qualquer liga autonómica da Andaluzia ou das Ilhas Baleares, mas ainda assim esta determinada em abandonar este país onde ninguém lhe dá valor. A Taça da Liga terá partido de Portugal esta manhã, tendo apenas o seu pai, o ex-presidente da Liga de Clubes Hermínio Loureiro, ido despedir-se dela à Portela. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo