Revisão laboral permite a grupos mafiosos despedir sem ter que matar

Alexandre Parreira 3 de Fevereiro de 2012

Vários grupos mafiosos a operar em Portugal garantem que as novas regras do despedimento vão ser boas para o negócio e vão permitir fazer downsizings sem ter que eliminar fisicamente os funcionários.

O diretor de recursos humanos de uma destas organizações explicou que agora, sempre que há problemas num negócio de droga ou numa traição a favor de um rival, é aberto um processo disciplinar por inadaptação. O trabalhador, se for considerado culpado, é simplesmente despedido e poupa-se a burocracia de tentar justificar a extinção do posto de trabalho porque o trabalhador tinha sido extinto. Mesmo cortar dedos, como na Yakuza japonesa, não vale a pena porque como as taxas moderadoras aumentaram as organizações são obrigadas a aumentar o prémio do seguro de saúde dos funcionários. AP



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Tópicos

Últimas

Do arquivo