Torre do Aleixo será implodida com tensão acumulada dos adeptos do FCP

Mário Botequilha 15 de Dezembro de 2011

Redacção comum IP/Porto e “O Jogo” – Se tudo correr como previsto, os 13 andares da torre 5 do Bairro do Aleixo vão abaixo, amanhã, numa operação envolvendo 300 polícias e um bombista.

A equipa de demolições optou por uma fonte de energia ecológica e inesgotável: a enorme tensão que se apodera dos adeptos do FC Porto sempre que Vítor Pereira resolve fazer substituições ou dar instruções para dentro do relvado. “Temos estado a guardar essa energia em baterias industriais tipo CERN”, diz um responsável. “Há ali potência suficiente para mandar abaixo metade de Ermesinde.” MB



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo