Veto de Cavaco impossibilita substituição de governo Sócrates por governo genérico mais barato

Mário Botequilha 9 de Fevereiro de 2011

O Presidente da República vetou o diploma do Governo que permitiria que a prescrição de um medicamento de marca fosse substituída, na farmácia, por um medicamento genérico. Na prática, o veto de Cavaco vai impossibilitar que o governo de José Sócrates seja substituído por um governo genérico menos dispendioso e, com sorte, em regime de unidose.
A subscrição de governos através do princípio activo é considerada mais barata do que a de um governo de marca comercial com nome de empresa de construção civil, banco e/ou escritórios de advogados. O primeiro veto de Cavaco ao governo terá sido acompanhado, durante a audiência de ontem à tarde, por valentes calduços do presidente ao ministro Santos Silva. MB

SIGA-NOS

Tópicos

Últimas

Do arquivo