Ali Agca exige demissão de Bento XVI e Jesualdo Ferreira

Vítor Elias 30 de Março de 2010

Ali Agca, o turco que tentou matar João Paulo II em 1981, pediu a Bento XVI para se demitir, em consequência dos vários escândalos de pedofilia que atingiram a Igreja católica. Para além disso, exigiu a demissão de Jesualdo Ferreira, evocando o seu direito a “questionar os sucessores de pessoas que tentei matar”, e revelando que foi ele, e não os Super Dragões, que tentou incendiar o automóvel do Co Adriaanse em 2006, no Olival. “Bento XVI tem sido conivente, ao longo dos anos, com os padres que molestam crianças, tal como Jesualdo Ferreira tem sido conivente, ao longo destes quatro anos, com o Bruno Alves, que molesta os adversários”, justificou-se. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo