Governo vai pagar indemnização à Women on Waves em pílulas do dia seguinte

Alexandre Parreira 20 de Abril de 2009

O Estado português já chegou a acordo com a Women on Waves e vai pagar a indemnização por não ter deixado entrar o barco do aborto em pílulas do dia seguinte. As pílulas vão servir para fazer pedagogia junto das mulheres portuguesas, já que muitas ainda não percebem este medicamento.

Há quem nunca a tome por estar sempre à espera do dia seguinte. A associação exigiu ainda um alvo com a cara de Paulo Portas para as marinheiras se divertirem nos tempos mortos no navio. Contactado pelo INIMIGO PÚBLICO, Portas não está arrependido da decisão de não ter deixado entrar o barco: “Era o que faltava aquele grupo de mulheres surfistas, com um bronze maior que o meu, virem para Portugal fazer-me inveja”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo